Pular para o conteúdo

Chega de bullying!

16/11/2012


Bullying é quando alguém machuca ou humilha constantemente outra pessoa.
Xingar, espalhar rumores, agredir ou excluir intencionalmente
alguém também são formas de bullying.

Isso pode acontecer pessoalmente, por escrito, pelo telefone, pela internet, redes sociais (bullying virtual), na escola, no ônibus, em casa… em qualquer lugar. Seja lá onde for, o bullying é inadmissível.

O bullying é um problema sério que afeta milhões de crianças sem importar de onde são, principalmente na escola. E esse problema precisa ser resolvido o quanto antes. Normalmente, os menores, mais novos ou mais vulneráveis são as vítimas dos agressores. Eles escolhem as crianças que consideram diferentes, as que não usam roupas da moda, que vêm de uma minoria étnica, social ou racial. Por exemplo: as mais atrapalhadas, mais gordinhas, que têm as melhores notas ou que sejam tímidas. A verdade é que quem está a fim de machucar, humilhar ou excluir alguém do seu grupo de amigos não precisa de muito. O agressor não só humilha as vítimas como também afeta as testemunhas, especialmente quando elas não sabem o que fazer a respeito.

O bullying virtual se espalha viralmente pela web e pode fazer a vítima se sentir humilhada constantemente, de uma forma difícil de deter.

Não é uma piada, não é uma brincadeira, o bullying é inadmissível.

Dicas

Seja você a vítima ou a testemunha do bullying, existem muitas coisas que pode fazer para detê-lo. Mas a melhor coisa é NÃO FICAR CALADO.

SEJA AMIGÁVEL

Consolar alguém que tenha sido vítima do bullying é um gesto carinhoso e faz uma grande diferença. Tente dizer algo como “sinto muito pelo que aconteceu” e reforce que você não aprova o bullying e que a vítima não tem culpa da agressão. Melhor ainda, comece uma amizade com ela.

CONTE PARA UM ADULTO

Você precisa falar com alguém – seus pais, um professor ou alguém em quem confie, que possa interferir e deter o bullying. Lembre-se: pedir ajuda não é dedurar, é ajudar quem precisa.

ENVOLVA-SE

Se ofereça para fazer parte do programa de prevenção ao bullying da sua escola. Se não houver um, veja se você pode criar um programa. Incentive todo mundo na sua escola a se manifestar contra o bullying. Juntos, podemos fazer a diferença e acabar com o problema. Não fique calado!

Fonte: CN

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: